Samu realiza treinamento na Estação da Lapa

Capacitação foi direcionada a colaboradores do terminal

" alt="" itemprop="image" />

O Samu levou para a Estação da Lapa um treinamento que faz parte do projeto Viva Coração, na manhã desta quarta-feira, 27. A capacitação, conduzida pelo mergulhador de resgate e enfermeiro emergencista do serviço, Márcio Coelho, foi direcionada a colaboradores da Estação da Lapa e teve como objetivo levar orientações sobre os procedimentos a serem adotados em caso de um indivíduo sofrer uma parada cardiorrespiratória.

A partir do treinamento, os colaboradores aprenderam a identificar quando uma pessoa está sofrendo uma parada cardiorrespiratória. Os procedimentos apresentados por Márcio seguem padrões internacionais, incluindo a realização de compressão torácica e o uso do desfibrilador externo automático. Essas, segundo o médico, são as primeiras etapas que podem ser adotadas pelas pessoas, enquanto aguardam o serviço de emergência médica.

“Sabemos que ao ser acionado, o serviço de emergência não leva menos do que quatro minutos, isso sem considerar um dia de grande congestionamento. Por isso, a compressão torácica e o uso do desfibrilador externo automático podem aumentar as chances de sobrevivência de um indivíduo que sofreu uma parada cardiorrespiratória”, explica.

Márcio destaca que a Estação da Lapa possui um desfibrilador, que pode ser utilizado, caso alguém sofra um mal súbito no local. “Esses procedimentos inicias, feitos da forma correta, aumentam as chances de sobrevivência do indivíduo de 2% a 75%”, destaca.

É o terceiro ano que o Samu realiza o treinamento na Estação da Lapa. A ideia é que os colaboradores interessados no assunto possam estar preparadas para fazer os primeiros atendimentos nas pessoas que precisarem de ajuda, considerando ainda um grande fluxo de pessoas, a exemplo do terminal, por onde passam cerca de 460 mil, diariamente.

Deixe um Comentário